segunda-feira, 20 de novembro de 2017

1972-11-20 - A DIRECÇÃO CHAMADA À PIDE - Movimento Estudantil

ASSOCIAÇÃO dos ESTUDANTES
INSTITUTO SUPERIOR DE CIÊNCIAS ECONÓMICAS E FINANCEIRAS

COMUNICADO DA DIRECÇÃO
20/11/72
INFORMATIVO nº 18

A DIRECÇÃO CHAMADA À PIDE

Depois do assassinato pela PIDE do colega Ribeiro Santos de Direito, foi dado seguimento a um 'inquérito' conduzido pela própria PIDE, sobre os acontecimentos do dia 12 de Outubro em Económicas.
Foi devido às acções de massas que se desenvolveram mostrando claramente o repúdio, por parte dos estudantes e da população em geral, deste crime, que a PIDE se vê na necessidade de tentar "justificar" toda a série de atitudes provocatórias que tomou e que culminaram no assassinato de Ribeiro Santos posteriormente seguido de dezenas de prisões - daí o papel deste ‘inquérito'.

1972-11-00 - EM FRENTE POR UM MOVIMENTO ESTUDANTIL DE MASSAS AO LADO DO POVO! - CREC's

Para ver a totalidade do documento em PDF clik AQUI 

1977-11-20 - CONTRA OS ATAQUES DOS BANDOS FASCISTAS! - LCI

CONTRA OS ATAQUES DOS BANDOS FASCISTAS!
UNIDADE E AUTO DEFESA DOS TRABALHADORES!

Sábado, 15 de Novembro, um grupo de 300 nazis assaltou a sede da LCI, no Porto, gritando "Morte ao Comunismo". Era um dos grupos da canalha fascista que, na manifestação reaccionária de apoio a Pires Veloso, cantou o hino nacional fazendo a saudação nazi. Por isso, embora os organizadores dessa manifestação queiram dessolidarizar-se dessa actuação, o que é certo é que deram cobertura aos bandos nazis organizados que levaram a cabo acções armadas contra organizações operárias.
O assalto à sede da LCI não foi um acto isolado. Partiu do mesmo sector de manifestantes que assaltou a sede do MDP/CDE e a Livraria "Avante". Partiu da mesma escumalha que, na manifestação de 5 de Novembro, lançou as palavras de ordem de "Morte a Cunhal" e "Morte a Soares". Partiu dos mesmos nazis que nos liceus procuram aterrorizar as organizações e militantes socialistas, comunistas e revolucionários. Numa palavra: o assalto à sede da LCI foi, apenas, um passo na escalada das forças fascistas, contra tudo o que seja organizações dos trabalhadores e símbolo do socialismo.

1977-11-00 - DOCUMENTOS DO III CONGRESSO .5 - MES

ANEXO
DOCUMENTOS DO III CONGRESSO .5

PROPOSTAS SOBRE:
- POLÍTICA ORGANIZAVA
- FUNDOS
- FUNCIONÁRIOS
- “PODER POPULAR”
DEZ. 77 COMIII

ALTERAÇÕES E ALTERNATIVAS À PROPOSTA DE RESOLUÇÃO SOBRE POLÍTICA ORGANIZATIVA APRESENTADAS AO CONGRESSO APÓS A REUNIÃO DO C.C. DE 3.4 DEZEMBRO
1º. NO PRIMEIRO PARÁGRAFO DO TEXTO SUPRIMIR O PERÍODO QUE COMEÇA NA 6ª LINHA COM "E NUNCA É DEMAIS” E QUE TERMINA NA LINHA EM ”... PARTIDÁRIAS REFORMISTAS E REVISIONISTAS".

domingo, 19 de novembro de 2017

1972-10-00 - O Grito do Povo Nº 07 - OCMLP

SOBRE OS ESTUDANTES…

Quando se ouve falar de greves e manifestações dos estudantes, quando os jornais falam da agitação estudantil contra o governo, alguns trabalhadores pensam que isso nada tem a ver com eles, que quem anda na Universidade é porque tem tempo e dinheiro para isso e portanto não tem nada a ver com os interesses dos explorados, com a luta do povo.
Ora isto tem uma razão de ser, mas se olharmos melhor, vemos que não é bem assim.
Tem uma certa razão de ser porque até há pouco tempo as lutas dos estudantes foram quase sempre dominadas ou pelos revisionistas, que ali, como nos "sindicatos” fascistas ou em qualquer outro sitio, querem é fazer abaixo-assinados e negócios com a burguesia para nos afastar do caminho da revolução, ou então por grupos muito "radicais" que não passam de revolucionários de boca que só sabem fazer discursos e se julgam superiores aos trabalhadores. Claro, que lutas dirigidas por estes senhores não podiam nunca servir os interesses do povo, que sabe muito bem, que, uns e outros dão é em mais doutores e engenheiros para ajudar a exploração.

1972-00-00 - Unidos Venceremos Nº 04 - Movimento Estudantil

UNIDOS VENCEREMOS – 4

AOS ESTUDANTES DO 1º ANO
Economia Política, MARTINEZ, e outras coisas mais…

“Se for generoso, não posso ser honesto, se for honesto não posso ser generoso. Logo, prefiro ser honesto."
(in 1ª aula do Prof. Martines, ao 1º ano).

1º - UMA CADEIRA - ECONOMIA POLÍTICA
Nestes teus primeiros contactos com a Faculdade de Direito, decerto já ouviste, pela boca doutros colegas que já cá estão há mais tempo, falar nessa monstruosidade que se chama Economia Política.                                            
Autêntico calhamaço de inutilidades e de falsidades que te obrigarão a “marrar” de uma ponta à outra para depois o "exame" te passar, ou chumbar, hipótese sempre mais frequente a não ser que ocorra alguma “cunha” pois neste caso a primeira hipótese verifica-se sempre.

1977-11-00 - REINA O TERROR NA RESIDÊNCIA CALOUSTE GULBENKIAN EM CASTELO BRANCO! - Movimento Estudantil

- REINA O TERROR NA RESIDÊNCIA CALOUSTE GULBENKIAN EM CASTELO BRANCO!
- DIRECTOR DA RESIDÊNCIA, DE PISTOLA EM PUNHO, ESPANCA ESTUDANTES PELA MADRUGADA!
- QUATRO ESTUDANTES EXPULSOS SEM QUALQUER MOTIVO.

COMUNICADO À IMPRENSA
Um grupo de estudantes de Castelo Branco vem, por este meio comunicar a toda a imprensa os factos ocorridos durante a madrugada do dia 16 de Dezembro na Residência Calouste Gulbenkian a cargo do Instituto de Acção Social Escolar (IASE) nesta cidade.
O facto de este comunicado ser assinado por estudantes não residentes, deve-se ao facto de na Residência (significativamente conhecida por "Forte”) reinar um clima de terror e de qualquer acção deste tipo ter de ser desencadeada a partir do exterior.

Arquivo